Pesquisar este blog

Translate

terça-feira, 9 de abril de 2013

Cadista Freelancer #21: Quantificando materiais



Você sabe tudo de autocad, sabe até 3D e 4D, mas aí alguém pergunta pra você: "sabe quantificar material do projeto?" e você com aquela cara de "Meu Deus me ajuda", demora a responder, mas acaba falando que sim.
Está certíssimo em falar que sim, pois se você desenho não vai ser tão  impossível assim quantificar tudo o que vai de material, talvez você se embanane em um ítem ou ou outro que exija saber alguma coisa a mais  do que contar a unidades ou um área, mas pelo menos a maioria do montante você consiga fazer sem grandes sofrimentos.

Eu acredito que muitos projetistas, prefiram falar que nao sabe, para não ter que ficar horas, dias e semanas, medindo:
- número de portas, janelas, soleiras, cadeiras, ....
- área de paredes, pisos, forro, .....
- perímetro de rodapé, de rodateto, guarnições ....
Porque é algo bastante trabalhoso.



Aí você se pergunta, me pergunta: "se o autocad ou qualquer programa faça isso em 2 minutos, e de preferência já monte a tabela e mande imprimir", eu vou falar que "sim, exixte sim" mas para isso você vai precisar aprender a utilizar outros programas e além de tudo compatibilizar o desenho com esses outro software, pois ele precisa ser avisado de alguma forma o que ele precisa quantificar.

Essa é a nova geração de softwares de desenho, que oferece muito mais que desenho, ou seja, outra lógica de pensamento, mas por enquanto, vamos ao método antigo.

AUTOCAD

No autocad existem mecanismo de quantificar coisas:
- comando AREA: que através de um polyline, te fornece a área e o perímetro
- comando DIST: que clicando em 2 pontos te fornece uma distância linear, e também a distância em  X,Y.
- e feliz ou infelizmente não poderei compartilhar outros comandos, que já ouvidizer que existem, mas também não conheço, como o FIELD.

EXCEL

Um dos parceiros de qualquer pessoa que pretende quantificar qualquer coisa hoje  em dia, talvez um tanto complexo de utilizar no começo, mas que com o conhecimento de algumas formulas básicas é possível montar uma tabela com todos os materias de maneira bastante simples e rápida.

MS PROJECT

Outro software que vem ganhando popularidade principalmente para que trabalha com planejamento de projetos, no caso projetos de obra não projetos de desenho, mas que também se apresenta como quantificador de coisas enquanto organiza o cronograma da obra.
Mas também é um recurso que não conheço para compartilhar.

Programas BIM (Building Information Modeling)

São programas que trabalham sob a lógica da maquete eletrônica onde não simplesmente desenhamos, mas montamos um objeto virtual, que pode ser quantificado, em suas partes que compoem o objeto modelado a partir de elementos configurados como peças de uma edificação a ser construída
Exemplo mais famoso é o REVIT, que vem ganhando mercado por trazer uma agilidade no processo de projeto.
Não tenho muito a falar desses programas, mas para a arquitetura, já é uma tendência de se substituir o autocad, ou pelo menos concorrer diretamente.

PAPEL E CANETA

Método manual, pode ser difícil acreditar que exista ainda quem faça assim, mas esse método sempre será o mais confiável, afinal, a gente nunca sabe quando será preciso fazer uma revisão de última hora e não dá nem tempo de reimprimir tudo novamente, e fica mais fácil mandar o pedido de material para o fornecedor de maneira manual mesmo, mas não esqueça de registrar a alteração no computador depois.

TABELAS

O básico de quantificar é parte do nosso cotidiano: tabela de área, tabela de esquadrias, tabela de estacionamento, tabela de unidades (de qualquer coisa desenhada), tabela de ventilação / insolação natural, medida de área, ........

Mais métodos

Para projetista não é muito comum quantificar listas de materiais, por questões de hierarquia, ou por não seremos nós que além de quantificar iremos negociar com forncedores, então possivelmente esse tipo de coisa é um outro profissional que o fará exemplo do orçamentista, mas é funcão muitas vezes do projetista fazer o levantamento básico dessas quantidades, não exatamente dos materiais, mas sa variantes que determinam a quantificação como áreas (piso, forro...), perímetros (rodapé...), altura (parede....), quantidade de elementos unitários e suas dimensões (portas, janelas....). Desta forma devem existir milhares de métodos para editar uma lista de quantidade de materiais.


Definição de unidades de vagas de estacionamento

Definição de quantidade de módulos de painéis verde


Tabelas para prefeitura: vagas de estacionamento, áreas, unidades habitacionais,.....


7 comentários:

  1. Olá você faz levantamento de quantitativos de obras civil como Freelancer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fernando. Espero que conseguiu uma ótima pessoa para fazer o serviço, aqui nos comentários tem até duas propostas, no momento não estou fazendo mais freelancer, então nem poderia te ajudar, tanto que deixei o blog meio abandonado.

      Excluir
  2. Mariana terei vários orçamentos de obras a serem orçadas até o fim do ano e preciso de alguém que possa agilizar esse processo para mim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pode entrar em contato comigo por email, consigo te ajudar fazendo esses orçamentos, tenho uma empresa que trata apenas de orçamentos

      Excluir
    2. Olá Raul. Não fico com raiva de invadir meu espaço, somente por estar fora do mercado de freelancer, aproveitando abri uma aba para quem quiser oferecer seus serviços: "PRECISA-SE"

      Excluir
  3. Olá Fernando.
    Sou engenheiro e posso te ajudar com os levantamentos.
    Abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá higor. Não fico com raiva de invadir meu espaço, somente por estar fora do mercado de freelancer, aproveitando abri uma aba para quem quiser oferecer seus serviços: "PRECISA-SE"

      Excluir

Marcadores